COMO COLOCAR OS HORMÔNIOS NO MODO “PERDER PESO” PARA EMAGRECER MUITO MAIS RÁPIDO!

Se você está tentando perder peso, mas nenhuma dieta ou treino duro está dando resultados visíveis, então o hormônio leptina pode ser o responsável por isso.

Esse hormônio é secretado pelas células e sua função principal é equilibrar os níveis de peso e de energia do corpo.

A leptina exerce sua função de duas formas.

A primeira é estimulando o cérebro a indicar quando é hora de parar de comer.

A segunda é estimulando o tecido adiposo para queimar energia.

À medida que você fica mais obeso, o corpo libera mais leptina na corrente sanguínea para criar um equilíbrio, estimulando o tecido adiposo a queimar o excesso de gordura.

No entanto,  o hormônio pode não estar trabalhando corretamente.

Para ser mais direto, muitas pessoas com excesso de peso têm desenvolvido o que chamamos de resistência à leptina.

Quando o corpo tem níveis elevados de leptina por um longo período de tempo, perde a sensibilidade a ela.

O resultado disso é que o cérebro deixa de nos emitir sinais para parar de comer ou para acelerar o metabolismo.

Esta condição no corpo provoca dificuldades no processo de perder peso e na manutenção de um metabolismo saudável.

Além disso, as pessoas com resistência à leptina são propensas a doenças crônicas, provocando excesso de gordura na área do estômago e aumentando a inflamação do tecido.

snap-2016-12-20-at-15-06-43

Resistência à leptina pode também ocorrer como resultado de dietas radicais.

A fim de perder peso rapidamente, algumas pessoas cometem o erro de reduzir a sua ingestão de calorias drasticamente, chegando até a passar fome.

Isso causa problemas, pois a leptina vai ficar desregulada e fazer com que o cérebro fique pedindo mais comida com maior frequência.

Portanto, é sempre uma boa ideia para evitar dietas que levem à fome, pois elas podem causar mais mal que benefícios.

O consumo regular de alimentos industrializados ​​também é uma das causas da resistência à leptina.

Entre esses alimentos prejudiciais, destacamos carboidratos refinados (com farinha de trigo branca, como pão, biscoito, bolacha, pizza, macarrão), açúcar branco e alimentos ricos em gordura.

Em resumo, para evitar a resistência à leptina, você NÃO deve:

1. Fazer dietas que fazem você passar fome.

2. Comer alimentos industrializados, principalmente os feitos com farinha de trigo branca (como pão, biscoito, bolacha, pizza, macarrão), açúcar branco e alimentos ricos em gordura.

Além disso, você deve:

1. Ter uma dieta saudável constante

É preciso que sua dieta seja saudável todos os dias.

Não adianta ser saudável de segunda a sexta e, no fim de semana, detonar.

Reeducação alimentar, portanto, é a palavra-chave.

Você deve comer pequenas refeições a cada 2-3 horas.

As refeições devem consistir de gorduras saudáveis (como a de sementes oleaginosas ou frutas como abacate), legumes e proteínas magras.

2. Evitar cafeína

Isso mesmo!

Procure ficar longe do cafezinho.

Ele excita e contribui para a produção do hormônio do estresse.

Não queremos ficar estressados e irritados, não é?

3. Evitar doces

Claro que estamos nos referindo aos doces cheios de açúcar outras substâncias bem pouco saudáveis.

Se sentir desejo, procura se alimentar de frutas doces, além de mais saudáveis, são nutritivas.

4. Praticar exercícios

Atividades físicas regulares aceleram o metabolismo do corpo, aumentando a produção de endorfinas, que são responsáveis pelo bom humor e vigor do sistema imunológico.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

fonte:http://www.curapelanatureza.com.br/post/12/2016/como-colocar-os-hormonios-no-modo-perder-peso-para-emagrecer-muito-mais-rapido

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*