COMO FAZER UM CHÁ DE GENGIBRE PERFEITO PARA ELIMINAR ENXAQUECA, DORES MUSCULARES, FEBRE E AZIA!

  

A raiz de gengibre, além de ser deliciosa, é bastante eficaz, composta de propriedades anti-inflamatórias, antiparasitárias, antivirais e antibacterianas.

 

Ela age de forma intensa no sistema imunológico, digestivo e no cardiovascular.

 

O gengibre contém vitaminas (como a C) e minerais (como magnésio).

 

É muito comum encontrá-lo na culinária, dando um gostinho especial nas comidas e bebidas.

 

Neste post, vamos ensinar a fazer o melhor chá de gengibre.

 

Por que é o melhor?

 

Porque ele vem reforçado com outros ingredientes “mágicos”, que são o açafrão-da-terra (cúrcuma), o limão e o óleo de coco.

 

Este chá é uma ótima opção para o tratamento de gripe e de todo s os tipos de viroses.

 

Além disso, ele também proporciona outros benefícios, como:

 

– Melhora a circulação

 

– Alivia as dores no corpo (inclusive enxaqueca e dor de cabeça)

 

– Reduz o risco de pedras nos rins

 

– Oferece nutrientes necessários para manter o funcionamento adequado do fígado

 

– Estimula o metabolismo

 

Aprenda como fazer este maravilhoso chá:

INGREDIENTES

 

1 pedaço de 3cm de gengibre cortado em fatias

 

1 limão cortado em rodelas (não precisa descascar)

 

1 colher (café) de açafrão em pó

 

Meio litro de água

 

MODO DE PREPARO

 

Ferva a água com o gengibre.

 

Quando levantar fervura, adicione o limão, o açafrão, mexa, desligue o fogo e tampe a panela.

 

Espere pelo menos dez minutos antes de iniciar o consumo.

 

Beba duas xícaras por dia.

 

Tome este chá por no máximo duas semanas.

 

Se quiser continuar tomando, dê uma pausa de uma semana e retome por mais duas.

 

Importante: hipertensos só devem consumir gengibre com a autorização do médico.

 

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

 

Fonte: http://www.curapelanatureza.com.br/post/10/2016/como-fazer-um-cha-de-gengibre-perfeito-para-eliminar-enxaqueca-dores-musculares-febre-e

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *